A decoração e a mobília podem dobrar a rentabilidade da sua casa

Conheça os diferentes tipos de Vacation Homes

Depois de entender o objetivo de comprar uma Vacation Home na Flórida, chegou a hora de escolher o imóvel. Uma das primeiras questões a decidir é se você deve comprar uma casa nova ou usada. Os corretores provavelmente vão te oferecer casas novas, pois a arquitetura e os recursos modernos que elas possuem vão garantir o retorno do investimento em prazo mais curto.

Outro ponto importante é que muitas vezes o preço de um imóvel não tem relação direta com a qualidade da construção e do acabamento, e sim com o local escolhido. O importante é que o profissional indique todas as opções de imóveis que atendam os seus anseios, sejam eles novos ou usados. Se você escolher uma casa usada e resolver reformá-la tenha a certeza que também terá um ótimo imóvel, pois existem excelentes opções no mercado.

No livro “Como Ganhar Dinheiro com Vacation Homes”, de Ricardo Molina, você pode conhecer as três principais gerações de casas à venda em Orlando. Vale a pena aproveitar as dicas desse especialista para garantir que seu imóvel tenha um bom padrão de construção e uma boa localização.

Imóveis de 1º Geração (1980-1990)

Imóveis de 1º Geração (1980-1990)
Foto: Zillow.com

De um modo geral, as casas construídas em Orlando na década de 1980 são térreas e ocupam terrenos grandes. Os projetos são funcionais, sem muito elementos arquitetônicos. Fachadas largas, janelas pequenas e pé-direito baixo são algumas características comuns. Outro aspecto predominante é baixa eficiência energética. No acabamento, o padrão inclui o uso da fórmica, piso de vinil ou carpete, e eletrodomésticos brancos.

Imóveis de 2º Geração (1990-2004)

Para as construções finalizadas entre 1990 e 2004, os sobrados foram predominantes, uma vez que os terrenos já eram menores e houve a necessidade de adaptar os projetos para melhor aproveitamento da área. O acabamento seguiu praticamente o mesmo padrão da década anterior, ou seja, continuou com poucos elementos arquitetônicos e janelas pequenas. Uma das mudanças notadas foi a introdução do piso cerâmico no lugar do carpete, por exemplo.

Foi durante este período que surgiram os condomínios estilo resort, com estrutura completa de lazer e controle de acesso. Como complemento, muitas casas dessa segunda geração descrita por Molina possuem piscina privativa com tela de proteção. Houve também um pequeno avanço na eficiência energética. Além dos condomínios, nesta época foram criados bairros novos com casas de alto luxo.

Imóveis de 3º Geração (2004 em diante)

A decoração e a mobília podem dobrar a rentabilidade da sua casa

A partir de 2004 nota-se que os projetos adotaram elementos arquitetônicos mais elaborados, tanto nas fachadas quanto nos jardins, com ambientes internos e externos integrados e amplos. Em relação ao acabamento, materiais como granito, pisos de cerâmica e de madeira chegam para garantir melhor qualidade e beleza. Houve também uma verdadeira revolução tecnológica que impactou no aumento da eficiência energética. Quase todas as casas contam com piscina privativa, diferencial imposto pelo mercado competitivo dos aluguéis de temporada. Os novos condomínios resorts das regiões de Kissimmee e Davenport são exemplos deste alto padrão residencial.

REALIZE O SONHO DA CASA NA DISNEY

Leave a Reply